Site Overlay

Artesanato Indígena em Manaus

A cultura amazônica é riquíssima, e isso é fácil de notar na arte indígena que faz os olhos dos turistas brilharem numa viagem a Manaus.

Se você estiver na capital amazonense, com certeza vai querer ao menos dar uma olhada nas lojinhas locais.

Quem não quer procurar muito, já ficará satisfeito com a Ecoshop, uma famosa loja que vende produtos amazônicos.

A de mais fácil acesso fica ao lado do Teatro Amazonas e já está à mão de quem visita a principal atração da cidade.

Existem ainda outras duas unidades, nos shoppings Manauara e Amazonas. Por estar no coração turístico, os preços são bem “pega turistas”.

Mas se você procura artesanato em Manaus com preços melhores e produtos originalmente locais, não deixe de ir à Praça Tenreiro Aranha, próximo do porto e do Mercado Adolpho Lisboa, não muito distante do teatro.

Embora fique numa região bem bagunçada do centro de Manaus, a Praça Tenreiro Aranha reúne barraquinhas simpáticas com artesanato local a ótimos preços, se comparados com os mesmos produtos em lojas.

Os principais produtos são de origem indígena, mesmo que faltem índios por ali. Além de artesãos amazonenses, é comum encontrar venezuelanos, peruanos e colombianos.

O espaço, que já foi um estacionamento no passado e hoje é dedicado ao artesanato, já tem 15 anos e foge das muambas chinesas vendidas nas lojas da região.

Os quiosques ficam abertos de segunda a sábado, entre 9h e 18h. Aos domingos, procure a feira de artesanato da Av. Eduardo Ribeiro.

Compras de Artesanatos Indígenas em Manaus

O artesanato indígena é o grande destaque do comércio de Manaus. As matérias-primas regionais, como palha de tucumã, fibra e palha de tucum, tela de juta e cipó titica dão forma e graça a objetos de decoração e utilitários.

VEJA  Artesanato Indígena - Resumo

Um dos endereços mais concorridos é o da Central de Artesanato Branco e Silva, com 27 lojas. Para produtos alimentícios e medicinais, siga para o Mercado Municipal.

Em meio à infinidade de boxes, encontra-se frutas típicas, guaraná em pó, doces e castanhas, além de muitas ervas e plantas.

Mercado Municipal Adolpho Lisboa

A construção às margens do rio Negro foi inaugurada no auge do Ciclo da Borracha, em 1883, e restaurada em 2013.

Em estilo art nouveau, remete ao Mercado de Les Halles, de Paris, com pavilhões em alvenaria e ferro fundido, repletos de vitrais.

O espaço tombado pelo Iphan é um dos mais movimentados centros de comercialização de produtos regionais – de temperos a peixes , passando por artesanato indígena – da capital.

Aproveite para tomar um típico café da manhã manaura por lá – batizado de “x-caboquinho”, traz pão francês, banana frita, queijo coalho e tucumã, acompanhado de suco natural de frutas locais, como cupuaçu, taperebá e graviola.

Endereço: R. dos Barés, 46

Central de Artesanato Branco e Silva

As cerca de 30 lojas do centro de compras ficam abertas de segunda a sábado. Entre as ofertas, peças de madeira, cerâmicas e acessórios feitos e comercializados por comunidades indígenas da região.

Endereço: Av. Ypiranga Monteiro (antiga Rua Recife), 1999

Tel: (92) 3236-1241

Galeria Amazônica

Misto de loja e galeria de arte, o espaço oferece artefatos indígenas com origem documentada e preços em conta.

Endereço: R. Costa Azevedo, 272 – Largo do Teatro

Tel: (92) 3233-4521

Site: http://www.galeriamazonica.org.br/

Conheça o Universo do Artesanato Indígena

Conheça o universo do artesanato indígena, como ele é produzido, comercializado e como ele tem gerado renda para os artesãos de Manaus.

VEJA  A História do Artesanato Indígena

Conheça o Artesanato dos Apurinã em Manaus

Veja como são feitos os colares de tucumã pelos artesãos da aldeia Apurinã em Manaus. O processo passa por 15 etapas até finalizar a arte.

Galeria Amazônica: O Melhor Lugar Para Comprar Artesanato Indígena

Localizada na Rua Costa Azevedo, número 272, ao lado do Teatro, no Centro de Manaus, no Amazonas, a Galeria Amazônica é considerada, por quem a visita, o melhor lugar para comprar artesanato indígena.

De acordo com quem já a visitou, a galeria é quase um museu onde dá gosto de entrar e ver os objetos.

Todos estão etiquetados com informação sobre a tribo que os produziu, se foram homens ou mulheres, etc.

As pessoas são muito simpáticas e atenciosas. Um lugar que não se pode perder, quando se visita Manaus.

A Galeria Amazônica também tem responsabilidade social e ambiental, pois os produtos indígenas ali encontrados, além de ser de boa qualidade e preço, são aliados ao respeito às comunidades indígenas e ao meio ambiente, um artesanato com selo social.

Os produtos são muito originais, bem feitos e parte do lucro vai para as comunidades que ajudaram a confeccionar o artesanato.

Vale a pena conferir, pois se trata de um artesanato de qualidade, sendo um local ideal para comprar artesanato local.

As peças têm explicações de matéria prima, local de confecção, especificação da aldeia e, como já disse, se foi feito por mulheres, homens ou crianças.

São produtos com design diferenciado, acabamentos de qualidade e preço honesto.

Compartilhe Esta Página: