O Desenvolvimento da Arte Indígena Brasileira

O desenvolvimento da arte indígena brasileira acontece de várias formas, pois cada etnia de índios no Brasil é detentora de comportamentos diferentes e de costumes próprios, o que leva cada tribo a desenvolver a sua arte de forma única e inédita.

É assim porque os índios produzem a sua arte não para ser admirada e comparada com outras artes em galerias, mas para refletir suas crenças, seus hábitos, suas regras, suas concepções de vida e de mundo e para perpetuar as suas tradições.

Tudo o que chamamos de arte indígena, para os índios são utensílios e representações.

Muitas das ferramentas comuns usadas pelos humanos para fabricação de artes e objetos, muitas vezes, não são utilizadas pelos índios.

A roda de oleiro, por exemplo, que é usada para criar vasos de cerâmica, não é usada por índios.

E ainda assim eles conseguem desenvolver peças impressionantes, que ganham o mundo.

Além disso, nem toda arte indígena é produzida pelos homens índios. A pintura corporal indígena é feita pelas mulheres e os desenhos não são meros desenhos.

A pintura indígena carrega valor simbólico, retratando um momento ou um sentimento específico.

Outra arte que, para nós é arte, mas para os índios é utensílio, é a cestaria, que é feita, principalmente, pelas mulheres.

Os cestos indígenas possuem variadas formas de trançados em diferentes formatos.

Mas, se você quer saber qual arte é feita, na maior parte, pelos homens, esta é a arte plumária.

Essa arte passa por um ritual: primeiro a caça, passando pelo tingimento (a chamada tapiragem), pelo corte nas formas desejadas, e, por fim, a amarração.

O Desenvolvimento da Arte Indígena Brasileira ao Longo do Tempo

A arte indígena brasileira desenvolveu uma pequena variação ao longo do tempo, formando-se um corpo de formas, usos e significados estáveis e bem caracterizados.

VEJA  Arte Indígena Brasileira e a Cerâmica

Não é à toa que a arte indígena brasileira é tão estudada e tão apreciada. É a arte que possui mais diferenciação na sua aparência e aspectos, serventia e propósito, e conceitos e interpretações.

É muito fácil reconhecer uma arte indígena brasileira por causa de sua individualidade e natureza.

Quais Artes são Mais Desenvolvidas Pelos Índios Brasileiros?

A grande maioria das tribos indígenas desenvolvem a cerâmica e a cestaria, sendo estas as artes mais desenvolvidas pelos índios brasileiros.

A cestaria é, em sua grande maioria, produzida a partir de folhas de palmeiras e os cestos são usados para guardar alimentos.

Já na cerâmica, são produzidos vasos (às vezes, zoomórficos) e panelas através do barro modelado.

Tanto a cerâmica quanto a cestaria recebem a pintura. Cada tribo e cada família desenvolvem padrões de pintura fiéis ao seu modo de ser.

Por que Estudar Sobre o Desenvolvimento da Arte Indígena Brasileira?

Por meio do estudo da arte indígena brasileira é possível desenvolver a percepção e a imaginação sobre o mundo indígena (como os índios vivem, o que eles fazem, no que eles acreditam, o que eles respeitam, etc.).

Além disso, ajuda a apreender sobre a realidade do meio ambiente e desenvolver a capacidade crítica, pois o estudante irá analisar a realidade percebida sobre os índios e irá desenvolver a sua criatividade e opinião.

Talvez, felizmente, de uma maneira que possa mudar a realidade, muitas vezes, desprivilegiada dos índios.

Compartilhe Esta Página: